LogoUT

Encontro discute políticas de pós e acompanhamento de egressos

10/04/2019

A 11ª edição do Encontro de Docentes da Pós-Graduação, organizado pela Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação (DPPG) do CEFET-MG, reuniu nos dias 8 e 9 de abril, no Canto da Siriema, em Jaboticatubas, professores dos programas de mestrado e doutorado da Instituição. O encontro foi uma oportunidade de se discutir, planejar e construir as ações com o objetivo de expandir e qualificar a pós-graduação.

O diretor da DPPG, professor Conrado Rodrigues, apresentou dados sobre a produção acadêmica nos cenários nacional e mundial e destacou a importância dos indicadores que registram a produção intelectual e a relevância da pós-graduação no atual cenário econômico do país. Em discussão sobre as perspectivas da pesquisa e pós-graduação no CEFET-MG, o diretor destacou a importância de se trabalhar conjuntamente. “Precisamos atuar de forma diferente na pós-graduação, algumas mudanças importantes precisam ser implementadas gradualmente no sentido de melhorar a avaliação dos programas e nos prepararmos, também, para os desafios que se apresentam no cenário atual”, afirma.

Para exemplificar o que já tem sido feito no CEFET-MG, a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC), professora Hersília de Andrade, apresentou os dados e as estratégias utilizadas para melhorar a avaliação do programa na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

No segundo dia, o pró-reitor de pós-graduação da Universidade de São Paulo (USP), professor Márcio Castro, apresentou as ações de sucesso implementadas na Instituição e o desafio necessário do acompanhamento de egressos da pós-graduação.  O pró-reitor falou, ainda, sobre as novas perspectivas e caminhos que o ensino deve tomar principalmente na formação de mestres e doutores preparados para atuar não somente nas instituições de ensino, mas também nas empresa e indústrias.

Os critérios de avaliação dos Programas de Pós-Graduação foram apresentados pelo coordenador de Gestão de Informação da Diretoria de Avaliação (DAV) da Capes, Manoel Brod. Foram apontados e discutidos os novos critérios de avaliação e os indicadores que possuem maior peso nestas avaliações.
Para a diretora adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação do CEFET-MG, professora Danielle Marra, o evento foi um momento importante para conversar, pensar sobre a pós-graduação e a pesquisa, “mas principalmente, sobre os rumos que a gente quer dar para esses dois pilares da educação”, salientou.

O diretor-geral do CEFET-MG, professor Flávio Santos destacou que o evento permite “alinhar uma série de ações e ajustes nas políticas institucionais de desenvolvimento da pós-graduação. Em tempos de crise e de cortes orçamentários, a diretoria não tem poupado esforços no sentido de manter e ampliar o apoio aos programas de mestrado e doutorado”, ressalta.

Foi apresentado, também, o catálogo do Programa Institucional de Apoio à Pesquisa e Pós-Graduação que traz um panorama das diversas ações de apoio que o CEFET-MG oferece aos docentes, estudantes, grupos de pesquisa e programas de pós-graduação.

 

Redação – Secretaria de Comunicação Social / CEFET-MG

com informações CGDCT