LogoUT

Política Estudantil amplia ações de alimentação em campi do interior

25/01/2019

Campus Contagem ganha restaurante próprio e estudantes selecionados de Leopoldina e Nepomuceno terão direito a refeição em restaurante externo

A partir de 4º de fevereiro, o restaurante estudantil do campus Contagem do CEFET-MG entra em funcionamento. A inauguração, demanda antiga da comunidade do campus, permitirá que os estudantes tenham alimentação de qualidade, balanceada, variada e de baixo custo e também promoverá uma mudança cultural e alimentar.

Serão fornecidas 320 refeições diárias, no almoço, para estudantes e servidores. O restaurante contará com 80 lugares no total. A nutricionista da Coordenação de Política Estudantil (CPE) de Contagem, Flávia Costa Mendes Peradeles, participou de todas as fases da concepção do restaurante. De acordo com a profissional, “o programa contribui para o crescimento e o desenvolvimento biopsicossocial, a aprendizagem, o rendimento escolar e a formação de hábitos alimentares saudáveis”, argumentou.

Segundo a secretária de Política Estudantil do CEFET-MG, Cláudia Lommez de Oliveira, a inauguração do restaurante estudantil representa mais uma conquista do esforço institucional coletivo em prol da garantia à permanência dos estudantes, com qualidade. “Na assistência estudantil reconhecemos que o restaurante próprio, no campus e com atendimento universalizado é o programa que mais contribui para a permanência. Além do aspecto nutricional, o restaurante permite mais identificação dos alunos com a Instituição, mais motivação para o processo de aprendizagem e representa um espaço de sociabilidade que é fundamental para o bem estar dos nossos estudantes”, ressaltou Cláudia Lommez.

Leopoldina e Nepomuceno ganham nova modalidade de alimentação

Os campi Leopoldina e Nepomuceno terão, a partir de 2019, uma nova modalidade de alimentação para os estudantes, em substituição à bolsa alimentação. Os alunos classificados pela Coordenação de Política Estudantil (CPE) até o Índice de Classificação socioeconômica (IC) 1,0 terão uma refeição por dia em um restaurante externo contratado.

O acesso à refeição será realizado com o cartão institucional. Os discentes selecionados pagarão R$ 1,50 ou serão isentos, conforme classificação realizada pela CPE.

Segundo a coordenadora do Programa de Alimentação Estudantil, Ana Rute Matos, a contratação dos restaurantes nesses campi é a realização de um anseio antigo da equipe da Política Estudantil, já que o objetivo de se criar essa modalidade vem desde 2013. “Fizemos um grande esforço administrativo para tirar essa ideia do papel, enquanto os restaurantes próprios não são construídos nessas unidades. Tivemos que negociar internamente para que os valores ficassem dentro do nosso teto orçamentário”, explicou.

Tanto em Nepomuceno quanto em Leopoldina, os restaurantes estão localizados a cerca de 100 metros da entrada principal do campus. Os estabelecimentos atenderão os estudantes selecionados das 11h às 13h30, no almoço, e das 17h45 às 19h30, no jantar.

O único campus que ainda permanecerá com bolsa alimentação é o de Timóteo, pois a licitação não pôde ser concluída por falta de empresas interessadas. A licitação foi republicada.

Secretaria de Política Estudantil / CEFET-MG
Com edição da Redação – Secretaria de Comunicação Social / CEFET-MG
 

  • imprimir
  • Compartilhe:
  • 3785
  • Visualizações: