LogoUT

CEFET-MG implantará monitoria para os alunos do ensino técnico

Mon Apr 17 11:18:00 BRT 2017

Ao todo serão 60 vagas para monitores distribuídas entre os nove campi da Instituição; a previsão é que as atividades comecem em maio


O diretor-geral do CEFET-MG, prof. Flávio Santos, anunciou, durante o evento em comemoração aos 25 anos do campus Araxá, a criação de 60 vagas de monitoria para os cursos técnicos em todos os campi da Instituição. A monitoria é uma atividade acadêmica exercida por alunos dos cursos superiores para os estudantes dos cursos técnicos de nível médio, com finalidade de auxiliar estes na superação de dificuldades de aprendizagem. A proposta do projeto foi elaborada no âmbito da Diretoria de Educação Profissional e Tecnológica, e o Conselho de Educação Profissional e Tecnológica (CEPT) aprovou na última segunda-feira (10) o Regulamento das Atividades de Monitoria para os Cursos Técnicos do CEFET-MG.

Segundo a diretora de Educação Profissional e Tecnológica e presidente do CEPT, professora Carla Chamon, a atividade existia anteriormente apenas entre os alunos da graduação. “O projeto visa minimizar dois grandes problemas no ensino: os índices de reprovação e, por consequência, os de evasão da Instituição”, explica Carla. Em 2017, serão abertas monitorias para as disciplinas de Física e Matemática do 1º ano do ensino técnico, matérias nas quais se constatou um alto número de reprovações nos últimos anos. “Os alunos ingressantes têm apresentado dificuldades nos fundamentos básicos – ingressam no CEFET-MG com deficiências que precisam ser resolvidas o quanto antes”, conta a diretora.

Para Carla Chamon, a cooperação entre os discentes do técnico e da graduação é muito proveitosa. “Essa é uma possibilidade de ter um reforço da matéria, através de plantões para tirar dúvidas, com alunos de uma faixa etária mais próxima e que, portanto, usam uma linguagem mais similar”. Para os alunos da graduação, a atividade também trará ganhos. “O monitor terá a orientação de um professor e poderá desenvolver as suas habilidades na docência”.

As atividades de monitoria serão estabelecidas a partir de uma cooperação entre a Diretoria de Educação Profissional e Tecnológica, os departamentos ou as coordenações de área e a Coordenação Pedagógica. Em 2017, a seleção dos monitores ficará a cargo dos Departamentos de Formação Geral (no interior) e das Coordenações de Matemática e Física (nos campi I e II). Serão disponibilizadas três bolsas de monitoria para Matemática e três para Física, para cada Unidade. A previsão é que as atividades comecem em maio.

Secretaria de Comunicação Social / CEFET-MG
 

  • imprimir
  • e-mail
  • Compartilhe:
  • 928
  • Visualizações: